A História da “Nossa Escola”, há mais de 30 anos inovando na educação!

Hoje é o dia de contar um pouco da história de uma escola que há mais de 30 anos transforma a vida de alunos, pais, professores e da comunidade trazendo uma nova maneira de ensinar e desenvolver crianças: “A Nossa Escola”! E essa para falar sobre esse método diferenciado resolvemos então dividir a matéria em dois momentos: o primeiro, contando o início e o desenvolvimento dessa associação de pais que se transformou em referência em educação infantil. E no próximo, vamos falar sobre o método construtivista e de como a escola está hoje. Fiquem atentos, porque nas próximas semanas explicaremos como funciona tudo isso!  Nessa matéria eu conto com a colaboração da Patrícia, que é a Presidente do Conselho Diretor da Escola. e da equipe da escola para relembrar essa história linda!

“Um grupo de pais e pessoas interessadas em discutir e viabilizar uma nova proposta de educação, começou a reunir-se regularmente, a partir de 20 de junho de 1986, em Pato Branco. A ideia nasceu com o objetivo de proporcionar um ensino diferenciado e desafiador para a época mas bastante consistente já que os pais tinham como exemplo uma escola comunitária já estruturada, funcionando há mais de dez anos na cidade de Campinas SP que avançava com uma proposta pedagógica bem definida de ensino aprendizagem tendo como foco a educação pautada em princípios e valores da filosofia piagetiana Construtivista.

A obra de Jean Piajet (1896-1980) foi trazida para a América Latina pela ex-aluna de Piaget, Emília Ferreiro. Nas instituições que seguem os princípios construtivistas – baseadas na proposta piageniana – o conhecimento é ativamente construído pelo sujeito e não passivamente recebido do professor ou do ambiente. Cada estudante é visto como alguém com um tempo único de aprendizado e o trabalho em grupo é valorizado. Nas escolas construtivistas, são criadas situações em que o estudante é estimulado a pensar e a solucionar problemas propostos. Deseja-se formar cidadãos autônomos e participativos de um mundo que está em constante mudanças exigindo cada dia mais posicionamento e reflexão tão importantes para formação integral do Ser Humano.

Um dos pais participantes do grupo depois de visitar, conhecer e acompanhar o trabalho pedagógico da Escola Comunitária de Campinas, trouxe para as reuniões do grupo, a proposta para a concretização de uma escola comunitária em Pato Branco sem fins lucrativos com assessoria em Campinas. Para fundamentar as discussões foi de extrema importância a participação da educadora Amélia Pires Palermo (1920-2013) diretora pedagógica da EC Campinas que veio a Pato Branco com sua equipe de coordenadores e professores de várias áreas para ajudarem na elaboração do Plano Pedagógico e Administrativo da Nossa Escola.

Em 08 de setembro de 1986, foi fundada a Sociedade Educacional Nossa Escola, sociedade sem fins lucrativos onde todos os recursos financeiros seriam investidos na melhoria do espaço físico e pedagógico, no aperfeiçoamento de professores e funcionários. Com esses objetivos, foi criado um sistema de cotas onde cada pai de aluno pagava um valor determinado que bancaria dos investimentos necessários para o funcionamento da escola. A cota foi extinta pelas administrações posteriores.

O nome da escola surgiu de maneira natural, pois todos já a chamavam de Nossa Escola, sendo então denominada Escola Nossa Escola – Ensino Pré-Escolar e de 1º Grau.

O início das atividades aconteceu no ano letivo de 1987, através da resolução n. 1.879/87 de 24 de abril de 1987. Funcionou em salas alugadas no Colégio Integral, depois no prédio da FUNESP (hoje UTFPR), cedida gratuitamente pelo município de Pato Branco. Em 03 de março de 1991 foi inaugurada a sede da escola na Rua Olindo Setti, 1338, Bairro Pinheiros, na cidade de Pato Branco, em terreno cedido pelo município em comodato.

 

Em 20 de dezembro de 1988 a escola foi declarada como Entidade de Utilidade Pública Municipal, através da Lei 811/1988 e em 26 de junho de 1989 a escola foi declarada como Entidade de Utilidade Pública Estadual através da Lei 9023/1989. No período de 1997 a 2005, a escola teve uma parceria com outro Colégio. Ao encerrar-se esta parceria a escola retomou suas atividades e diretrizes, tendo como mantenedora a Associação Educacional Nossa Escola.

A escola atualmente abrange a Educação Infantil até o 5º ano do Ensino Fundamental I, sendo que a cada cinco alunos pagantes, uma vaga é destinada a alunos bolsistas provenientes de família de baixa renda. Sua finalidade é oferecer uma educação de qualidade, proporcionando uma aprendizagem motivadora e significativa, promovendo o desenvolvimento integral do aluno baseado em valores fundamentais para a cidadania, estimulando para o prosseguimento dos estudos e visando prepara-lo para a vida.

“Temos uma linda história que não pode ser guardada. Ela precisa ser contada. Somos nos que iremos conta-la porque nós a vivenciamos.” – Amélia Pires Palermo.

Depoimentos de alguns ex-alunos.

“Estudar na Nossa Escola me ensinou muitas coisas que hoje vejo como essenciais para meu crescimento, tanto acadêmico quanto profissional. O aprendizado voltado para o trabalho em equipe, saber dividir e saber compartilhar seus conhecimentos, faz você crescer junto com seus colegas. Entender que quando você compartilha suas vitórias, até mesmo suas dificuldades, você se torna um ser humano melhor.
Me lembro muito bem das atividades e brincadeiras que fazíamos com os professores, estes sempre nos incentivando a querer a participação dos outros colegas, a aprender a interagir, a socializar e, principalmente, a incluir todas as pessoas que estivessem ali presentes. Entender que a participação de todos era sempre bem-vinda e tinha espaço para todos aproveitarem aquele momento divertido.
A escola me mostrou que sempre irão existir meios de resolver os seus problemas, você só precisa saber como lidar com eles. É importante lembrar que nesses momentos o diálogo entra como um fator muito importante, saber expor suas ideias e opiniões sem ofender o próximo, bem como saber se colocar no lugar do outro e tentar entender os seus problemas para poder ajudá-lo também são fatores que devemos levar para a vida.
Todas essas características que eu tento sempre praticar e que lembro muito bem de ter aprendido com a Nossa Escola me ajudam todos os dias a me tornar um ser humano melhor. Tenho muito orgulho disso!

(Amanda Rotava Herget. Ex- aluna da Nossa Escola)”

“Aos 4 anos fiz parte das primeiras turmas da Nossa Escola. Sempre que me vem à memória da infância, a Nossa Escola está presente. Foi lá que o interesse em aprender, a raciocinar e a ler foi despertado em mim. Lembro que ir para a escola era sempre algo alegre e agradável, onde as queridas “tias” (como chamávamos carinhosamente as professoras na época), os amigos e todo aquele ambiente feliz da Nossa Escola estavam nos esperando. Também, muitas lembranças são das confraternizações e encontros dos pais e alunos que aconteciam em alguns fins de semana.

A mudança de escola, aos 11 anos, foi um pouco difícil. Sair do método de aprendizado Construtivista e harmonioso da Nossa Escola para apostilas padronizadas, memorizações de questionários e um certo distanciamento da escola, alunos e família, foi algo que precisei me adaptar.

Após o término da fase escolar entrei no curso de Medicina da Universidade de Caxias do Sul. Fiz a residência médica em Oftalmologia no Hospital de Olhos do Paraná em Curitiba e, em seguida, me dediquei mais 2 anos, aproximadamente, no setor de transplante de córnea na Santa Casa de São Paulo. Retornei a Pato Branco em 2012 para iniciar a minha vida profissional.

Acredito que os primeiros anos do ensino sejam fundamentais para como os indivíduos irão se conectar com o aprendizado, com livros e relações interpessoais no futuro. As experiências em métodos de ensino opostos diversas que tive como aluno trouxeram-me a certeza de qual método optarei quando a minha filha Marina for começar a vida escolar.
(Dr. Eduardo Pires – Ex-aluno da Nossa Escola)”

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.