Da série: Advogadas/Educadoras


Na tarde em que conversei com a Bárbara sobre sua participação no meu projeto sai de lá encantada com a pessoa iluminada que ela é. Inteligente, pra frente, decidida porém humilde. Segue sua história e sua trajetória brilhante no Direito. Aproveitem!
Bárbara Dayana Brasil nasceu em 16/12/1982, em Pato Branco-PR. É filha única de Joares e Loreni Brasill. Aos 17 anos ingressou no Curso de Bacharelado em Direito na Faculdade Mater Dei, concluído com láurea acadêmica. Antes da conclusão do curso, havia sido aprovada no Exame da Ordem dos Advogados do Brasil. No ano de 2005, mudou-se para Curitiba e cursou Pós Graduação em Direito Administrativo no Instituto Bacellar.

Em 2006, regressou a Pato Branco e ingressou no Mestrado em Ciências Jurídicas da Universidade do Vale do Itajaí (Univali), concluído em 2008. No ano de 2007, iniciou a carreira docente com a aprovação em teste seletivo na Universidade Tecnológica Federal do Paraná, ministrando disciplinas de Direito nos Cursos de Administração e Ciências Contábeis. No mesmo ano, assumiu a cadeira de Direito Administrativo na Faculdade Mater Dei e o cargo de Direção Geral da Assessoria Jurídica do Município de Pato Branco. Em 2010, afastou-se das atividades junto ao Município de Pato Branco e em 2011, mudou-se para Coimbra, Portugal, a fim de dedicar-se ao doutoramento em Direito Público da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra. Na oportunidade, cursou pós graduação em Direito Humanos na mesma Universidade.

Com os pais: Izabel e Joares, recebendo prêmio de destaque profissional.

Regressou ao Brasil no início de 2013, quando reassumiu o cargo de Direção Geral da Procuradoria do Município e prosseguiu lecionando disciplinas de Direito Público na Faculdade Mater Dei. Tem participado de Congressos Internacionais na área de Direito Humanos, com trabalhos apresentados em Portugal e na Espanha. Recentemente participou do Fórum sobre Direitos Humanos e Negócios em Genebra, na Suíça. Figura, ainda, como colunista na Escola Superior de Direito Público, em âmbito nacional. Em 2015, recebeu a Medalha Tiradentes do Instituto Tiradentes e neste ano recebeu o Prêmio Excelência e Qualidade Brasil que lhe conferiu o título de Comendadora pelo Estado de São Paulo. Em setembro, a Câmara Municipal aprovou, por unanimidade, uma Moção de Aplauso. Atualmente, divide seu tempo entre as atividades da Procuradoria, da docência e sua tese doutoral, que será entregue em breve.

Recebendo Moção de Aplauso da Câmara Municipal de Pato Branco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.