Da Série: Lindas Mulheres/Guerreiras/Vitoriosas!

O ano de 2018 está quase terminando, foi um ano de muitas batalhas, um ano que veio para trazer muitas mudanças! Sempre quando um ano termina e anuncia a chegada de novos 365 dias nos enchemos de esperança e coragem para enfrentar a vida.

Aqui no site muita coisa aconteceu, muitas ideias saíram do “papel” e vieram parar aqui nas colunas para trazer informação e entretenimento para os meus leitores, mas o foco principal do meu trabalho sempre será as histórias inspiradoras de vida. E, para fechar 2018, hoje trago para vocês uma nova história, a história de uma mulher linda e que muito cedo na vida deu de frente com um grande obstáculo para os seus sonhos…

“Meu nome é Nayara Caroline de Almeida Lora, nasci em 29/03/1985 na cidade de São Lourenço do Oeste – SC. Sou filha de Luiz Gustavo e Solenir Rizzieri de Almeida.

E falando um pouco sobre mim posso dizer que sempre fui quieta e tímida na minha infância, adorava estudar, era muito caprichosa com os meus materiais escolares, sabe aquela coisa de fazer margem no caderno? Eu amava muito! Já na adolescência fui deixando a timidez para trás e posso dizer que vivi essa fase normalmente.

Hoje sou casada com Rodrigo Lora, estamos juntos há 17 anos, e casados há 13 anos! Moramos por um tempo fora do país, a minha estadia foi bem curta (fui e voltei em 30 dias) mas, meu marido ficou lá por 2 anos!

Em 2011, estávamos bem estruturados, dentro daquilo que sempre sonhamos: com nossa casa, um bom emprego, formados na faculdade (somos formados em Ciências Contábeis pela UTFPR) e então havia chegado a hora de aumentarmos a família!

Com o marido Rodrigo.

Um sonho que vivíamos juntos e que, no dia 03/12/11, tivemos a certeza que nosso baby estava a caminho! No dia 20/07/12, a nossa princesa chegava ao mundo para dar vida nova a toda família! Hoje Bettina está com 6 anos! É meu chaveirinho, se parece muito comigo, tanta na aparência, como em suas atitudes, só não herdou a minha timidez!!

A filha Bettina.

Atualmente não atuo diretamente na contabilidade, sou empresária e tenho uma loja de moda infantil, a Xeretinha Baby! Iniciamos com este empreendimento em maio de 2016.

Trabalho desde os 15 anos e sempre foi na área administrativa, minha formação é na área de exatas, sempre trabalhei com papéis e números na área financeira! Nunca me imaginei fora deste mundo! Mas, como minha mãe tem loja há 26 anos, e nos últimos anos ela estava com desejo de abrir mais uma loja foi dela que partiu o convite para esse novo empreendimento!  Aguardamos o momento oportuno…

Foi um grande desafio para mim pois nunca havia trabalhado diretamente com o público! E hoje, não me vejo trabalhando em outro lugar, amo a nossa loja, minha equipe, minhas clientes, trabalhar com crianças, é sempre gratificante! E quando se faz o que se ama, o sucesso é garantido! A Xeretinha vem vestindo gerações! E agora a Xeretinha Baby no coração de Pato Branco!

Com a sua mãe e sua filha.

Mas, hoje gostaria de compartilhar com os leitores do site o momento mais difícil e doloroso da minha vida quando descobri um câncer de mama muito cedo, aos 31 anos!

Em julho de 2016 senti um nódulo e foram 2 meses de agonia pois, a biópsia não foi conclusiva, e no dia 16 de setembro tive o resultado que nunca imaginaria receber e pelo qual passei 2 meses temendo: câncer de mama maligno… meu mundo desmoronou… Foram 10 dias sem conseguir pronunciar a palavra câncer!

De 16 de setembro a 06 de outubro foi uma maratona de exames porque precisávamos saber a real situação, para então começar o tratamento! E neste período o que mais me preocupava eram as quimioterapias e era sim, perder o cabelo! Fui atrás, de pessoas que haviam passado pela mesma situação e elas me mostraram um lado que quando não estamos vivendo isso não vemos, e que sim, tem vida após o câncer, ele não é sentença de morte! E o que mais me incomodava, era ficar careca! Antes mesmo de ficar sem cabelos já tinha comprado uma peruca e aquilo me deixou mais forte! Era uma segurança tê-la em minhas mãos.

O apoio do marido foi fundamental nessa fase.

Na primeira consulta com meu oncologista o Dr André Bini, um ser abençoado, ele me disse: “80% do tratamento é você quem faz!” E, então essa era minha vez! Foi aí que eu percebi que a luta era mais do que meus cabelos, era pela minha vida! Na época minha filha tinha 4 anos e era por ela e para ela que iria lutar, entreguei a Deus minha vida, meu tratamento e tudo o que me amedrontava. Pedi neste momento para Ele me cuidar e me proteger! Sem Ele, jamais teria força para encarar tudo isso!

Então, no dia 06 de outubro de 2016 comecei meu protocolo de tratamento, foram 8 sessões de quimioterapia, 4 vermelhas e 4 brancas, as sessões eram feitas a cada 21 dias, totalizaria 6 meses de tratamento! Após 15 dias da primeira quimio vermelha, meus cabelos começaram a cair e neste momento sim caiu a ficha: estava doente e era preciso me olhar no espelho para acreditar, pois nunca me senti doente!

De outubro a março fiz as 8 quimios, e no dia 10/03 fiz a última quimio branca… ela era muito bacana e apesar das dores que ela me causava achei ela menos sofrida!

O próximo passo para combater o câncer era a cirurgia e no dia 05 de abril de 2017 fui submetida a uma mastectomia radical com esvaziamento axilar, foram alguns dias tensos e além das dores, o medo tomava conta de mim! Estava sem medicamento, e isso me deixava muito vulnerável. E em abril de 2017 a calmaria logo tomou seu lugar… quando eu fiz o exame PET SCAN e nele foi confirmado que não haviam mais células cancerígenas no meu corpo!! Deus foi muito bom comigo! Me deu forças, me deu a cura e me devolveu a vida!

Mas, ainda não havia terminado o tratamento, era preciso também fazer um tratamento preventivo e em junho, após estar recuperada da cirurgia, fui encaminhada ao Dr Marcelo Rodrigues, onde iniciei as sessões de radioterapia, estas foram realizadas no Hospital do Câncer de Pato Branco, foram 28 sessões feitas diariamente! Lá eu conheci uma equipe abençoada, daquelas que não medem esforços para atender a todos, um carinho admirável! E em 17 de julho de 2017, as sessões de rádio também terminaram.

Sou grata a Deus, aprendi que somos mais que cabelos e que existe muita vida após o câncer! Só depende da nossa aceitação e vontade de viver! Sem falar de todas as pessoas maravilhosas que encontrei neste caminho! A minha família que foi minha grande fortaleza! A minha FILHA, pois foi nela que encontrei tanta força para lutar e vencer! E todos os profissionais maravilhosos e abençoados que tive o prazer de conhecer!

Apesar de tudo, dos medos, do pânico, dos olhares que recebi, alguns curiosos, outros com piedade, só tenho a agradecer pela vida que me foi concedida, e hoje está renovada. Acredito que tenhamos sim uma missão, e eu aceitei a minha, por mais difícil que possa parecer… recebi tanto carinho, orações, de quem eu nem poderia imaginar, e com certeza foi isso que me fortaleceu!

Há 2 anos outubro foi para mim de grande medo e hoje meu outubro realmente é Rosa (como diz a campanha de prevenção ao câncer de mama). Nada é por acaso, e eu fui abençoada ao iniciar meu tratamento no mês de outubro, Nossa Senhora me cobriu com seu manto e me acompanhou em todo momento!

Momento de fé e esperança.

“ Ele levou meu cabelo, me deu uma cicatriz, me deixou cansada, me fez chorar, mas nunca levou minha fé e minha vontade de vencer! Diagnóstico não é sentença. Cicatrizes contam nossas histórias. E o amanhã, a Deus pertence! Cuide-se toque-se previna-se!”

E os meus sonhos não param por aqui! Hoje, quero poder viver a vida, trabalhando para honrar meus compromissos, mas tendo vida e saúde, para ver minha filha crescer, para educa-la e amar ela cada dia mais! Minha família é minha fortaleza, só peço saúde a cada um deles, minha filha, meu marido, meus pais!

Somos bem caseiros, curtimos muita estar em casa com nossa família, mas também gostamos de viajar a lugares diferentes, acredito que daqui em diante, possamos viajar mais pois, ficamos um tempo em off devido ao tratamento.

Hoje sonho em ver minha filha crescer e que eu tenha muita saúde para isso!  E se Deus permitir, queremos aumentar a nossa família… está nos nossos planos para logo ter mais um baby!”

Uma resposta para “Da Série: Lindas Mulheres/Guerreiras/Vitoriosas!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.