Nutrição Animal: Saiba mais sobre a Alimentação Natural!

Todos nós sabemos que atualmente a maioria das famílias tem um ou mais animais de estimação em casa, sendo que gatos e cachorros são as espécies mais frequentes para companhia de nós humanos. Também é do nosso conhecimento que os donos dos pets estão mais preocupados com o bem-estar, com a higiene, saúde e alimentação dos animais, tanto que esse mercado é um dos que mais cresce no Brasil, segundo pesquisas.

E matéria de hoje vai falar um pouco sobre esse universo dos animais de estimação e um dos cuidados essenciais para manter a saúde e a vitalidade em dia: a alimentação! E vocês sabiam que hoje já existem profissionais que atuam na área da alimentação natural para cães e gatos? Sim, estamos falando de comida de verdade e que, muitas vezes, até são preparadas de uma maneira personalizada para seu animal, podendo auxiliar até mesmo no tratamento de patologias… Mas, essas informações eu vou deixar para a profissional Roberta explicar melhor para vocês!

“Meu nome é Roberta Turmina e eu sou formada em Zootecnia, pela UTFPR de Dois Vizinhos, e tenho mestrado em Nutrição Animal pela mesma instituição.

Desde pequena eu tenho um apreço imenso por animais, aquela vontade de cuidar e pegar todos. Quando eu via um animalzinho abandonado eu já levava para casa para tratar e cuidar, sorte que minha avó tinha um sitio e os que eu não conseguia doar ela acolhia por lá. O mais engraçado é que não eram só gatinhos e cachorrinhos que eu pegava, mas se eu via algum inseto, tipo gafanhoto ou aquelas esperanças (tipo um grilo verde), eu colocava em um potinho com ar e gostava de dar comida para eles.

Pra dizer bem a verdade, nunca havia pensado em fazer algo relacionado aos animais, eu queria algo mais voltado à saúde, e a nutrição era uma das minhas principais opções, pois eu sempre adorei o fato de que a alimentação influencia em tudo na nossa vida. Na hora de fazer a escolha da faculdade, resolvi juntar as minhas duas paixões: os animais e a nutrição. Seguindo esse pensamento, optei pela Zootecnia.

Na faculdade, estudamos muito sobre alimentos industrializados, porém eu sempre pensava que se nós optamos sempre pelo mais fresco e mais saudável, por que damos aos nossos animaizinhos alimentos industrializados e cheios de aditivos? Então o meu trabalho atualmente é voltado para a alimentação natural, prezando oferecer para o “peludinho” alimentos frescos que o mesmo iria comumente encontrar na natureza, deixando ele aproveitar os nutrientes da maneira que o corpo dele foi feito para aceitar.

Seguindo essa linha, a alimentação natural oferece os nutrientes necessários e compatíveis com as características do animal, um exemplo fortíssimo é a questão da proteína, os gatos e os cachorros são naturalmente carnívoros, ou seja, se alimentam basicamente de carne. As proteínas que encontramos nos alimentos industrializados são proteínas vegetais, essas proteínas tem uma composição diferente das proteínas animais, o que faz com que o animal não tenha o mesmo aproveitamento dos nutrientes disponibilizados, isso também ocorre com outros nutrientes.

Outra questão são os aditivos utilizados para conservar, palatabilizar e corar o alimento, e muitos desses são causadores de patologias para os animais, que podem ser desde dermatite até cancerígenos.

Porém, uma das coisas que me chama mais atenção é a quantidade de água presente nos alimentos, gosto muito de comparar os animais conosco e nós sabemos que a quantidade de água que compõe o nosso corpo é absurda! A água é o nutriente mais importante para  o nosso organismo e a mesma coisa acontece com eles. A ração apresenta em torno de 7% de água, enquanto que a alimentação natural vai fornecer para o pet em média 10 vezes esse valor, ou seja, 70%.

Por conta de todo esse aproveitamento e a escolha dos alimentos que você está oferecendo ao seu animal, sabendo o que ele realmente está ingerindo é que a alimentação natural acaba trazendo muitos benefícios para a vida do seu animal, deixando ele mais ativo, atendendo as especificidades dele, melhorando a imunidade, diminuindo a queda de pelos e, consequentemente, deixando-o com a pelagem mais bonita… tudo isso entre outros fatores que melhoram a saúde do animal e refletem externamente.

Um ponto muito importante da alimentação natural é que ela é específica para cada animal, ou seja, a partir das exigências do seu cãozinho ou gatinho a alimentação será formulada, balanceada e pensada para adequar à quantidade de nutrientes que ele precisa. Esses nutrientes serão provenientes de carnes, carboidratos, legumes, frutas, óleos… tudo o que você pode comer também.

Outra questão é que cada raça, porte e estado fisiológico do animal necessita de cuidados diferentes, uma vez em que cada um desses casos específicos é mais propenso à alguma doença do que o outro, como por exemplo os Pugs. Essa é uma raça que tem tendência à obesidade e ao desenvolvimento de cálculos renais, então a dieta dele é pensada para prevenir essas duas questões.

Além de tratar animais saudáveis, essa forma de alimentação também auxilia no tratamento de patologias, pois muitas das doenças que se desenvolvem são devido à alimentação, e isso não só nos peludinhos, mas em nós também. Cada patologia necessita de quantidade de nutrientes, vitaminas e minerais diferentes da outra, uma deve ter um controle grande com açúcares, outra com teores de minerais, outras com controle de proteína e assim por diante.

A alimentação natural ajuda no tratamento de animais obesos, diabéticos, cardiopatas, nefropatas, com pancreatite, com disfunção na tireoide ou na glândula adrenal, hepatopatas, com hipersensibilidade alimentar, com disbiose, duodenite, gastrite, neoplasia e urolitiases.

O meu trabalho é sempre em conjunto com um médico veterinário, procuro sempre antes de iniciar a alimentação natural realizar exames para verificar como está a saúde do animal, e quando o animal apresenta alguma patologia, o tratamento da doença irá iniciar somente após o diagnóstico do médico veterinário.

Para introduzir a alimentação natural, inicialmente são realizados os exames necessários e logo após será realizada uma dieta balanceada para o animalzinho, onde é indicado o tipo do alimento e a quantidade ideal a ser dada ao longo do dia. Procuro deixar várias combinações onde o tutor pode ir diversificando o cardápio para o animalzinho não ficar sempre comendo a mesma coisa. Para animais saudáveis, depois da primeira consulta é realizado um mês de acompanhamento, onde estarei disponível para qualquer eventual dúvida e também para ir adequando o cardápio da preferência do filhotinho de quatro patas.

Para animais que apresentam alguma patologia, dependendo da mesma, indico ao tutor a fazermos um acompanhamento por um tempo mais longo pois são animais mais delicados e com constante mudança no cardápio.

Ensino sempre o tutor como preparar os alimentos, pesar as quantidades, realizar o armazenamento e como oferecer o alimento ao animalzinho, porém como a vida hoje em dia está muito corrida para todos, também existe o pacote de fornecimento de alimentação natural, onde o tutor assina um plano mensal e irá receber semanalmente marmitas para toda a semana durante o mês. Além do plano mensal, também temos marmitas avulsas, petiscos naturais, bolos e picolés para alegrar o dia a dia e diversificar a alimentação do peludinho.

Eu acredito muito que todo o entorno e o ambiente influenciam na vida de todos nós, incluindo os animais, então temos que prestar muita atenção no que estamos proporcionando e que tipo de vida queremos que os seres que mais gostamos tenham.

E hoje, eu trago um caso prático e de muito sucesso:

Uma das nossas pacientes é a Maya, uma fêmea de Bulldog Francês. Fazia anos que a Maya apresentava uma doença que inicialmente era tratada como doença de pele, o que apenas era um sintoma. Até que um veterinário a diagnosticou com hiperadrenocorticismo, que é uma disfunção na glândula adrenal onde a mesma libera maior quantidade do hormônio cortisol, fazendo com que ocorram várias complicações. Juntamente com a medicação entramos com a alimentação natural balanceada de acordo com as necessidades dela pela doença, pelo sobrepeso e pela raça. A tutora também optou por adquirir o pacote de marmitas personalizadas para cães com alguma patologia. Em menos de um mês de tratamento a Maya já apresenta melhoras significativas, além de estar se deliciando com as marmitinhas”.

Maya e sua tutora Julia.

MSc. Roberta Turmina
Zootecnista
Mestre em Nutrição Animal
CRMVZ/PR 1536

46 99975-4856

roberta.nutripet@hotmail.com

Redes Sociais da Roberta

Instagram:

http://www.instagram.com/roberta.nutripet

Facebook:

https://www.facebook.com/roberta.nutripet/

 

Uma resposta para “Nutrição Animal: Saiba mais sobre a Alimentação Natural!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.