Verão 2019: Minhas Férias em Trancoso!

Aaaaah a Bahia! Suas cores, seus cheiros e seus temperos! Que lugar! O primeiro lugar descoberto no Brasil! Quanta riqueza nesse povo trabalhador e acolhedor! A Bahia foi novamente a nossa escolhida para as férias do Verão de 2019. Já estivemos em Itacaré em 2016, mas foi um lugar que não me surpreendeu tanto quanto Trancoso. Confesso que, quando meu marido me falou qual seria o nosso destino nesse verão tive um pouco de medo de me decepcionar com Trancoso, achando que seria só mais um lugar famoso e badalado, mas que não teria tanta beleza natural. Por sorte, eu estava enganada. De uma natureza exuberante e um mar com uma cor verde azulada que me encantou! Hoje vou falar um pouco sobre Trancoso e sobre os lugares que conheci e a experiência que tive nesse lugar fantástico ao lado do meu marido.

 

“Trancoso, é uma vila tranquila, charmosa, preservada, de frequência jovem e globalizada. Fundada no início da colonização portuguesa pelos Jesuítas como aldeamento indígena para catequização dos índios com o nome de São João dos Índios.

Há alguns anos, deixou de ser a vila rústica e isolada, descoberta pelos hippies nos anos 70 para se tornar o destino turístico dos antenados e vips. A calma continua no ar, mas agora já mesclada ao jeito de cidadezinha.

O Quadrado, a ampla praça no centro do vilarejo, emoldurada por casinhas coloridas e pela igrejinha branca ao fundo, continua a ser o coração do local e onde tudo acontece.

Nas casinhas simples e coloridas do Quadrado, hoje há bares, restaurantes, pousadas cheias de estilo, lojinhas de artesanato e butiques de grifes famosas. Todo o charme desse vilarejo é cercado por praias belíssimas e uma natureza exuberante com um clima ameno o ano inteiro.”

Fonte: www.trancosobahia.com.br

Como chegar a Trancoso:

Para chegar a Trancoso é preciso pegar um ônibus ou avião até Porto Seguro e de lá temos as seguintes opções: ônibus, aluguel de carro, Uber ou táxi. A distância de Porto Seguro e Trancoso é de 47 km, mas como boa parte da estrada ainda é de areia o trajeto torna-se lento: até de 1 a 2 horas dependendo do motorista. Nós optamos pelo Uber que custou em média R$ 160,00. (Talvez essas estradas difíceis sejam até para evitar o progresso e a destruição da linda natureza).

Onde ficar:

Trancoso tem pousadas lindas, a grande maioria em estilo rústico. Não esperem por grandes “resorts”, são pousadas construídas em meio à natureza no estilo de chalés com muito verde e naquele estilo pé no chão mesmo.

Nós escolhemos a Le Refuge pelo custo-benefício, pela localização e pelo charme da pousada. Ela está localizada a 50m da Praia dos Coqueiros e a uns 300m do Quadrado de Trancoso. Tem um café da manhã delicioso e ainda serve um café da tarde das 17h às 18:30h. Como na Bahia o sol vai embora cedo, quando é 17h, mais ou menos, todo mundo deixa a praia e vai para suas pousadas.

O atendimento é muito cordial, feito muitas vezes pelo próprio dono, um francês que veio há mais de 30 anos passear em Trancoso, se apaixonou, decidiu vir embora e está lá até hoje. E o staff do Marco (um italiano agente de turismo, que também veio embora por causa dos encantos do lugar) e as duas baianas Letícia (simpática e arretada) e Larissa (mais tímida, mas com uma mão para cozinha…). Quartos simples, rústicos, mas muito limpos. Uma piscina com uma água morna deliciosa e um jardim que traz muita paz.

http://www.pousadalerefuge.com.br/

Outras opções de pousadas que conhecemos um pouco:

Bahia Bonita, Villas de Trancoso, Mata Nativa, Hotel Rio da Barra.

As praias:

Nesse tópico vou falar somente sobre as que conheci! Vamos lá:

Praia dos Nativos

Saindo da nossa pousada à esquerda está localizada essa linda praia onde também está localizado o Rio Trancoso, no encontro dele com o mar, todos os dias quando saímos para nossa caminhada matinal a gente passava no meio do caminho do rio até o mar, onde a sensação de paz era enorme. A praia é extensa em areia, o mar é calmo e com uma temperatura bem agradável, você pode escolher em estender sua canga na areia ou então usar as estruturas de alguns bares ou pousadas que oferecem o “Day Use”, (explico sobre isso para vocês mais adiante).

Praia dos Coqueiros

É a praia localizada à direita da saída na nossa pousada, o nome já explica o motivo: muuuuitos coqueiros pela orla. Também é bem extensa em areia e o mar é parecido com a dos Nativos. Tem alguns bares e restaurantes na beira da praia, mas são todos estilos mais rústicos, nenhuma das praias tem muito vendedor ambulante, são tranquilas e são para desligar mesmo. Frequentamos todos os dias essas duas praias nas nossas caminhadas.

Praia do Rio Verde

No sentido oposto, à direita da Praia dos Coqueiros, a Rio Verde contrasta com a agitação das praias centrais. É um local sossegado, com pouca estrutura, normalmente restaurantes e barracas que pertencem aos hotéis e são abertos ao público mediante consumação. Nós estivemos nessa praia duas vezes e ficamos na estrutura da Pousada Bahia Bonita, o mar nesse ponto é um pouco mais agitado e nós aproveitamos o dia para descansar nas tendas, tomar um sol e ler um bom livro.

Praia do Rio da Barra

A praia do Rio da Barra está localizada a 3km ao norte de Trancoso, na direção de Porto Seguro. Neste ponto do litoral iniciam-se as falésias vermelhas e brancas que Caminha descreve na Carta do Descobrimento. Para entrar na praia é preciso entrar pela portaria do Hotel Rio da Barra. Nesse dia alugamos um carro porque era muito longe da nossa pousada.

O hotel Rio da Barra cobra R$ 30,00 de estacionamento e é possível utilizar a estrutura do hotel na areia pagando um valor de consumação por pessoa, nesse caso R$ 80,00, mas passando o dia por lá esse valor é tranquilamente revertido em refeições e bebidas, uma comida muito boa. Subindo por um túnel no meio da rocha através de um funicular é possível chegar ao hotel que fica no alto das falésias e de lá a vista é espetacular e inesquecível!

Nesse dia encontramos um casal de amigos de Pato Branco, esse mundo é pequeno mesmo!

Praia do Taipe

Seguindo mais a frente da praia do Rio da Barra está a praia do Taípe, é uma praia mais deserta com pouco estrutura de bares e restaurantes, segue mais no estilo de praia para famílias. Ficamos um pouco da tarde por ali mais para conhecer a natureza e logo voltamos embora.

Praia do Espelho

A praia do Espelho está localizada há 20km de Trancoso em direção ao povoado de Caraíva. Como alugamos o carro durante três dias aproveitamos para conhecer essas praias mais longe. Apesar de parecer perto o trajeto é feito através de uma estrada de areia com muitas curvas e buracos (estilo rally dos sertões hehehe). A orientação é conhecer a praia durante a maré baixa porque se formam várias piscinas nos corais que parecem “espelhos”. A praia está localizada abaixo de uma falésia e tem alguns restaurantes com estrutura na areia para aproveitar. Nós ficamos umas duas horas e de lá seguimos para a vila de Caraíva.

Vila de Caraíva

Se a gente soubesse o que se escondia nessa tal Vila de Caraíva, com certeza a gente teria ido bem cedo para passar o máximo de tempo ali. Esse lugar com certeza merece uma matéria só sobre ele, mas nossa intenção é um dia voltar para Bahia e passar alguns dias hospedados em Caraíva.

Saindo de Trancoso, de carro, o trajeto demora 1h30 por conta da tal estrada de areia. Chegando lá tem vários lugares que oferecem estacionamento pago, aí tem um pequeno porto (pequeno mesmo) onde é feita a travessia em pequenos barcos até a vila. Segundo informações, essa é a primeira vila do Brasil, ainda tem moradores nativos por lá, e uma igreja construída logo após o descobrimento.

É um lugar lindo, com bares, restaurantes, comércios de artesanatos e roupas construídos no meio das ruas de areia. Algumas barracas são de artesanatos feitos pelos próprios índios, não existe carros por lá, o meio de transporte dentro da ilha são os burros e mulas. Lá de alguma forma, parece que o tempo parou, a natureza é esplêndida e queremos voltar um dia com certeza. Para saber mais sobre esse lugar acesse o link.

https://caraiva.com.br/

A noite de Trancoso

A noite de Trancoso com certeza acontece no famoso Quadrado. Um dos lugares mais famosos e badalados da Bahia. Durante o dia, o Quadrado de Trancoso não é tão badalado, mas vale a visita para ver todo o colorido das casas, além de entrar na igreja e tirar fotos da vista maravilhosa que temos lá de cima. Já à noite o clima muda, os restaurantes colocam velas e luzes charmosas nas mesas de fora.

O Quadrado fica no alto de uma falésia e é bem grande! Algumas pousadas ficam ao lado do Quadrado, mas lá o ponto alto são os restaurantes e bares. São todos charmosos porque estão instalados nas casas antigas e coloridas do Quadrado (patrimônio tombado).

Os nossos preferidos: Rabanete, um restaurante estilo buffet por quilo mas com uma variedade de peixes e comidas típicas de tirar o fôlego. E o restaurante Silvana e Cia, onde comi o melhor peixe na folha de bananeira da minha vida!

A pequena Igreja de São João Batista, construída em 1656, é ainda a grande atração do Quadrado de Trancoso. Como está de costas para o mar, tem uma paisagem maravilhosa ao fundo. Por ser tão charmosa, muitos casamentos acontecem lá, mas é preciso agendar com bastante antecedência.

 

O Quadrado de Trancoso é um excelente local para quem gosta de artesanato. São várias barraquinhas, com cerâmicas e produtos feitos por artistas locais, além de muitas barraquinhas com acessórios de pedras naturais.

A Melhor Noite da Viagem (e talvez da minha vida até aqui!)

Lá em cima da matéria eu mencionei sobre o “Day Use”! Então… o estilo das praias de Trancoso não dão a opção de você chegar em uma praia e alugar um guarda sol e cadeiras, por exemplo. Ou você estende uma canga na areia escaldante (impossível ficar) ou você pode chegar nas estruturas das pousadas beira mar e alugar uma tenda, sofá, espreguiçadeiras…

Nós conhecemos a Fly Club que eu não recomendo pois cobrava R$ 200,00 em consumação por pessoa, mas tinha um atendimento péssimo.  No Hotel Rio da Barra o valor é de R$ 80,00 por pessoa e vale muuuito à pena! Villas de Trancoso R$ 150,00 por pessoa mas com uma estrutura muito boa de restaurante, ducha de água doce, comida e atendimento impecáveis!

E a Pousada Bahia Bonita! Lá o valor da consumação é de R$ 100,00 por pessoa tem uma estrutura muito confortável e um atendimento impecável! Tão impecável que, enquanto eu fui no banheiro, gerente de praia veio até o meu marido e ofereceu a ele um jantar a beira mar, com decoração velas e etc para que ele pudesse fazer uma surpresa. E detalhe, sem custo adicional nisso, só um agrado mesmo! Ele topou e me levou numa noite maravilhosa de lua cheia jantar na areia!

Num atendimento excepcional do colaborador Joabe (Jô para os amigos!) ele nos sugeriu fugir dos pratos do cardápio e aceitar a sugestão do “chef” que veio nos atender pessoalmente! Bernardo Silva é um famoso chef do Nordeste e preparou para nós dois pratos inesquecíveis. Uma noite simplesmente perfeita!

Pedir se eu gostei de Trancoso não precisa né? Saímos de lá com lágrimas nos olhos e já pensando voltar em breve! Espero que tenham gostado das dicas e da matéria! Quem tiver mais alguma dúvida pode me chamar através do e-mail ou das redes sociais.

Até a próxima!

https://guia.melhoresdestinos.com.br/

https://www.tripadvisor.com.br/

https://www.essemundoenosso.com.br/

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.