Setembro Amarelo – Acolher é a melhor atitude!

Hoje abrimos espaço para falar um pouco sobre o “Setembro Amarelo” e a campanha de prevenção do suicídio. Sabemos que atualmente muitas pessoas sofrem de problemas psicológicos e transtornos mentais como a depressão, a bipolaridade, a síndrome de pânico entre outras. E é tão importante todos nós nos informarmos sobre tudo isso para poder identificar, ajudar, compreender e acolher as pessoas próximas a nós e que possam estar passando por isso neste momento. Foi  pensando em ajudar a disseminar essas informações que hoje convidei a Psicóloga Fernanda Poersch para abordar um pouco sobre o tema e também falar sobre campanha.

 “O suicídio é um ato de comunicação. Quem se mata, na realidade tenta se livrar da dor e do sofrimento que de tão intenso, parece insuportável”.

Acolher ainda é a melhor prevenção do suicídio

Ao pensar em suicídio a pessoa não quer se livrar da sua vida, dos amigos, familiares, mas sim de uma dor imensa, de um sofrimento emocional o qual acredita não ter fim se não a morte. É certo que conhecemos muita gente, porém, mesmo convivendo não sabemos de fato tudo que ela sente emocionalmente. Às vezes, um simples comportamento que julgamos como “estranho” pode significar algo. Por exemplo, frases do tipo: “minha vida não faz mais sentido”, “queria dormir e não acordar mais”, “sou um peso na vida das pessoas”, “não quero mais viver assim”, “tenho vontade de sumir”, são alguns indícios de que a pessoa está precisando de ajuda.

Saber reconhecer os sinais de alerta, pode ser o primeiro e o mais importante passo, e você pode ajudar. Inicialmente apenas OUÇA o outro. Escute sem criticar, julgar, manipular. Abra sua mente para ouvir sem preconceitos. APOIAR é preciso! Preste atenção também em fatores como: isolamento, desânimo, choro frequente, afastamento dos amigos, da família, mudanças de hábitos, entre outros comportamentos atípicos da pessoa. Os sintomas depressivos são os primeiros a aparecer.

Mesmo com sua ajuda e apoio, é preciso excepcionalmente, incentivar a procurar ajuda profissional – Psicólogo e/ou Psiquiatra. Esses são os profissionais mais capacitados para tratar de transtornos mentais. São pessoas preparadas e treinadas a promover a saúde e a vida em amplo sentido. Psicoterapia e se necessário a medicação, é o que ajudará muito no equilíbrio emocional e no controle dos pensamentos e comportamentos. O psicólogo vai auxiliar sobre o ENTENDIMENTO da doença e a dividir seus medos e anseios sem julgamento.

Setembro Amarelo – Campanha de Prevenção ao Suicídio.

E por que Amarelo?

A cor da campanha foi adotada porque um jovem americano de 17 anos tirou a própria vida dirigindo seu carro amarelo. Seus amigos e familiares distribuíram no funeral cartões com fitas amarelas e mensagens de apoio para pessoas que estivessem passando pelo mesmo desespero.

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde) nove em cada dez mortes por suicídio podem ser evitadas. No Brasil, 32 pessoas se matam por dia. Apesar de números tão alarmantes, o assunto ainda é tratado como tabu. Cerca de 96,8% dos casos de suicídio estavam relacionados a transtornos mentais, os quais podem ser tratados. Em primeiro lugar é citada a Depressão, seguida do Transtorno Bipolar e abuso de substâncias.

 A informação correta direcionada a população é muito importante para orientar e prevenir o suicídio. É preciso perder o medo de se falar sobre o assunto e compartilhar informações, esclarecer, conscientizar e estimular o diálogo.

“Não é drama nem frescura é sofrimento emocional.”

 

Ligue 188 (CVV – Centro de Valorização da Vida)

Emergência 192 (SAMU)

Fernanda Poersch
Psicóloga CRP: 08/13774
Abordagem Psicanálise
Formada há 12 anos pela Universidade Paranaense – UNIPAR Cascavel PR
Atendimento: Adolescentes e adultos
CLINISAM – Clínica de Saúde Mental
End: Edifício Silvio Vidal
Sala 601
Fone: 3025-1205
WhatsApp: 99105-1205

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.